Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Os blogs e os seus autores

Como se pode constatar,  pela publicação abaixo transcrita, a mesma foi publicada por mim em 2 de Março do corrente ano, pois esta e outras de minha autoria encontram-se transcritas na integra num blog denominado , http://portugalmemoria.blogspot.pt/,conforme se pode conferir no final do trabalho com a seguinte legenda:
                                                             
                           Fonte: por Lisboa
 

Paço do Lumiar

"Está atestada, através de documentação, a existência de um Paço e extensa Quinta que foram propriedade do rei D Afonso III, tendo sido, mais tarde, objecto de doação por D. Dinis ao seu filho ilegítimo, D. Afonso Sanches.
Emboram não se conheçam provas materiais do edifício do Paço, julga-se que este se encontrava localizado no espaço ocupado, hoje, pelo Largo do Paço.
O Paço e a Quinta foram alvo de confisco por parte de D. Afonso IV, passando a integrar os bens da coroa. O parcelamento da propriedade veio dinamizar o processo de povoamento do local, desenvolvendo-se um núcleo residencial que permanece isolado até aos nossos dias, por se encontrar rodeado por quintas que atestam a fertilidade dos solos do Lumiar.
A classificação do núcleo urbano do Lumiar comporta quer a aldeia - que mantém um carácter unitário -, quer as Quintas que a rodeiam, como é o caso da Quinta dos Azulejos com riquíssima decoração de painéis de azulejos policromos setecentistas, a Quinta das Hortências, a Quinta do Marquês de Angeja, a Quinta do Monteiro-mor e a Capela de São Sebastião."
Palácio do Conde do Paço 2.jpg
 Palácio do Conde do Paço, 1961, foto Arnaldo Madureira in a.f. C.M.L.
"Em 1312, D. Dinis efectuou a partilha dos bens do Conde de Barcelos, ficando para D. Afonso Sanches, seu filho bastardo e genro do Conde, uma quinta e casa de Campo no Lumiar, a que se passou a chamar Paços do Infante D. Afonso Sanches. No reinado de D. Afonso IV, esta residência nobre tomou a designação de Paço do Lumiar, que ainda hoje se mantém e constitui um importante núcleo histórico da freguesia."
Planta Topográfica de Lisboa 7 T.jpg
Planta Topográfica de Lisboa, nº  7 T, im A.M.L.
Planta Topográfica de Lisboa 8T.jpg
Planta Topográfica de Lisboa, nº  8 T, im A.M.L
Estrada do Paço do Lumiar.jpg
Estrada do Paço do Lumiar, 1961, foto Arnaldo Madureira in a.f. C.M.L.
Palacete da quinta do Pisani.jpg
Palacete da quinta do Pisani, foto Arnaldo Madureira in a.f. C.M.L.
Rua Direita do Paço do Lumiar.jpg
Rua Direita, do Paço do Lumiar, foto Arnaldo Madureira in a.f. C.M.L.
Rua Esquerda, ao Paço do Lumiar.jpg
Rua Esquerda, do Paço do Lumiar, foto Arnaldo Madureira in a.f. C.M.L.
Chafariz do Largo do Paço.jpg
Chafariz do Largo do Paço, foto Arnaldo Madureira in a.f. C.M.L.
Casa do Nicho no Paço do Lumiar edu port.jpg
Casa do Nicho no Paço do Lumiar, foto Eduardo Portugal in a.f.C.M.L.
Quinta de São Sebastião, palacete e capela edu p
Quinta de São Sebastião, palacete e capela, foto Eduardo Portugal in a.f.C.M.L.
Quinta dos Azulejos ao Paço do Lumiar.jpg
Quinta dos Azulejos ao Paço do Lumiar, foto Arnaldo Madureira in a.f. C.M.L.



Fonte: por Lisboa

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Pesquisar

 

Visitante

Tradutor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D