Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Conservatório Nacional

Não são de hoje os problemas que afligem o Conservatório Nacional, já em 1839, três anos após ter sido nomeado por D. Maria II para dirigir o Conservatório Real de Lisboa, o próprio escrevia "sobre a necessidade de se proceder a reparações no edifício do Conservatório de Lisboa".
O manuscrito assinado por Garrett, não é contudo esclarecedor quanto ao destinatário.

Conservatório Nacional,1959.jpg

 Conservatório Nacional,1959, foto de Fernando Manuel de Jesus Matias, in a.f C.M.L.

1.jpg

Manuscrito de Almeida Garrett - http://purl.pt/27697/1/index.html#/1/html

11.jpg

Transcrição da carta dactilografada - http://purl.pt/27697/1/index.html#/8-9/html

 

Convento da Divina Providência em Lisboa

Hospício dos Clérigos Regulares Teatinos, Convento da Divina Providência,Convento dos Caetanos, Conservatório Real de Lisboa e finalmente Conservatório Nacional, estes foram os nomes, por que passou este local, situado ao topo da Rua dos Caetanos.

"1650 - o hospício dos Caetanos é fundado pelo Padre António Ardizone, e delineado por um padre Teatino, Guarino Guarini, de Modena, arquitecto do Duque de Saboia Carlos Manuel; 1681 - o hospício é transformado em convento por licença concedida por D. Pedro II; 1698 - foi edificada a igreja; 1755, 01 novembro - a igreja fica completamente arruinada com o terramoto, tendo sido reconstruída; 1757 - dá-se início à reparação dos estragos feitos no convento pelo terramoto; 1758, 26 abril - nas Memórias Paroquiais, assinadas pelo pároco das Mercês, Joaquim Ribeiro de Carvalho, é referido que existe a casa de Nossa Senhora da Divina Providência, dos Teatinos, se encontra algo arruinada; tem várias relíquias; 1834 - a Ordem Religiosa dos Teatinos é extinta pelo decreto de Joaquim António de Aguiar, que ordena a extinção das ordens monásticas e dos estabelecimentos de ensino ligados a estruturas religiosas; 1835 - João Domingos Bomtempo (Lisboa. 1771-1842) funda o primeiro Conservatório de Música; 1836 - Almeida Garrett é nomeado por D. Maria II para elaborar um plano para fundação e reorganização do Teatro Nacional. É no âmbito desta nomeação que Garrett elabora um plano que vem a reformular todo o ensino artístico. Surge assim o Conservatório Geral de Arte Dramática, constituído por 3 escolas: a Escola de Declamação, a Escola de Dança e a Escola de Música. Por decreto de D. Maria II, o estabelecimento passa a designar-se Conservatório Real de Lisboa..." in http://www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=14263

purl 25938.jpg

 Convento da Divina Providência em Lisboa, alçado, corte e planta http://purl.pt/25938/2/

purl 25936.jpg

Igreja de Nossa Senhora da Divina Providência, alçado da fachada http://purl.pt/25936/2/

purl 20695.jpg

Planta do Convento dos caetanos, legendada http://purl.pt/20695/2/

PROJECTO DE UM NOVO EDIFÍCIO PARA O CONSERVATÓRI

Projecto de un novo edifício para o Conservatório dramático no extinto Convento dos Caetanos http://digitarq.arquivos.pt/viewer?id=5881371

Atlas da carta topográfica de Lisboa 42 1.jpg

Atlas da carta topográfica de Lisboa n 42, a vermelho a localização do Conservatório. in A.M.L.

Levantamento topográfico de Francisco Goullard 28

Levantamento topográfico de Francisco Goullard 281, in A.M.L.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Agosto 2017

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Pesquisar

 

Visitante

Tradutor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D