Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Antiga casa José Alexandre

"Ainda nas lojas d'este prédio fica uma casa das mais antigas de Lisboa. É o que foi estabelecimento do sr. José Alexandre Ferreira e que pertence hoje ao sr. Oliveira. Occupa todo o espaço que fica da antiga casa Béra para cima, tornejando ainda para a calçada do Sacramento...O sr. José Alexandre Ferreira lançou em Lisboa, o commercio de objectos de luxo estangeiros, no que respeita a <<ménage>>. Ninguém possuia melhores metaes, melhores <<cristofles>> e melhores loiças.
As suas collecções de objectos meudos - d'essas pequenas ninharias que são indispensaveis em todas as casas de tratamento - eram notaveis. A casa José Alexandre Ferreira, que rapidamente ganhou fama de honestissima, não impingindo nunca gato por lebre, attrahiu e conservou durante largos annos a melhor clientela lisboeta."
in A Capital : diario republicano da noite, N.º 2124 (14 Jul.)

Antiga Casa José Alexandre.jpg

Antiga Casa José Alexandre, 1966, foto de Casa Fotográfica Garcia Nunes, in a.f. C.M.L.

O Chiado a partir do Palácio Barcelinhos, entre 1

O Chiado a partir do Palácio Barcelinhos, entre 1886 e 1889, no canto inferior direito a antiga casa José Alexandre, foto de Casa Fotográfica Garcia Nunes, in a.f. C.M.L.

Padrão do Chão Salgado

"A Memória do Chão Salgado
Os habitantes de Belem pedem que se faça pôr em destaque esse monumento
A junta de parochia de Belem composta dos srs. Francisco Gomes, presidente, Alfredo Paes, vice-presidente, José Francisco dos Santos, thesoureiro e Miguel Felix dos Santos, secretario, acompanhados de varios commerciantes, industriaes e proprietarios, entregou hoje uma representação ao sr. dr. Levy Marques da Costa, presidente da comissão executiva da camara municipal, na qual se diz, depois de varios considerandos:
<<E foi pensando assim que os signatarios d'este documento, habitantes e commerciantes de Belem, resolveram, com a maxima consideração e respeito, dirigir-se a v. ex.ª, solicitando-lhe a expropriação immediata de uns predios que, como v. ex.ª muito bem sabe, foram edificados indevidamente, para occultarem um monumento mandado erigir pelo Marquez de Pombal, em comemoração do attentado contra o rei D. José, e que se encontra em um bêco escuro e immundo, conhecido pelo Chão Salgado.
A situação topographica de tão notavel padrão é humilhante para todos os que se presam e v. ex.ª e a ex.ma Camara, de que v. ex.ª é meretissimo presidente e a propria Republica, como percursora dos grandes emprehendimentos em prol da sua Patria, prestando esta justa homenagem a um dos maiores vultos do seculo XVIII, dotarão Belem arteria importante da cidade de Lisboa, com mais um monumento, cuja simplicidade de linhas e valor historico muito interessa aos seus conterraneos.>>
O sr. dr. Levy Marques da Costa respondeu que se ia interessar pelo assumpto, tanto mais que já havia tomado essa iniciativa, que foi approvada pela Camara."
in A Capital : diario republicano da noite, N.º 2123 (13 Jul.)

Padrão do Chão Salgado, 1966, foto de Armando Se

Padrão do Chão Salgado, 1966, foto de Armando Serôdio, in a.f. C.M.L.

Padrão do Chão Salgado, foto Horácio Novais.jpg

Padrão do Chão Salgado, anos 60, foto Horácio Novais, in a.f. C.M.L.

Padrão do Chão Salgado, anos 50, foto de Fernand

Padrão do Chão Salgado, anos 50, foto de Fernando Martinez Pozal, in a.f. C.M.L.

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D