Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Igreja de São Roque (parte II)

"O templo é um dos monumentos celebres da capital, porque n'elle prégou S. Francisco de Borja, o famoso padre Vieira e outros varões doutos; porque n'elle está a preciosissíma capella mandada vir de Roma por el-rei D. João V; pela singularidade do tecto da egreja, e finalmente por se achar alli estabelecida, desde a extincção da companhia de Jesus, a Santa casa da misericordia de Lisboa.
No principio do reinado de D. Manuel, ardendo esta cidade em peste, mandou este soberano pedir á senhoria de Veneza, omde está o corpo de S. Roque, alguma reliquia do celeste advogado contra tão horrivel mal. Deferiu aquelle senado a petição do rei de Portugal, e vieram as reliquias, que foram recebidas por elle, pela corte e pelo povo, com grande devoção e solemnidade.
Tratou-se logo (diz o chronista da Companhia) de edificar uma ermida da mesma invocação do santo, para n'ella se collocar tão precioso thesouro, e para acudirem áquelle logar os devotos do santo, e se valerem da sua intercessão. O sitio que se escolheu foi um campo ou monte que estava fóra dos muros da cidade, e cae para a parte de oeste, segundo o rumo em que está lançada a cidade de Lisboa. Estava n'aquelle tempo o monte coroado á roda de copiosas e formosas oliveiras.
N'este grande campo havia um logar no qual estava o adro e cemiterio em que se enterravam os que morriam de peste, N'este logar trataram de edificar a ermida ao novo padroeiro que tomavam para a peste.
De uma pedra que está sobre a porta da sacristia da irmandade de S. Roque consta haver-se começado esta ermida na era de 1506."
in "Archivo pittoresco : semanario illustrado", 5.º Ano, n.º 37, 1862

Igreja de São Roque, sd, foto de Eduardo Portugal

Igreja de São Roque, s/d, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Igreja de São Roque, perspectiva sobre a capela-m

Igreja de São Roque, perspectiva sobre a capela-mor, anos 50 séc. XX, foto de António Castelo Branco, in a.f. C.M.L.

Igreja de São Roque, interior, anos 50, foto de A

Igreja de São Roque, interior, anos 50 séc. XX, foto de António Castelo Branco, in a.f. C.M.L.

Igreja de São Roque, interior. A capela lateral

Igreja de São Roque, interior. A capela lateral é da invocação de São Roque, s/d, foto de Alberto Carlos Lima, in a.f. C.M.L.

Igreja de São Roque, capela de São João Baptist

Igreja de São Roque, capela de São João Baptista, s/d, foto de Alberto Carlos Lima, in a.f. C.M.L.

Igreja de São Roque, capela das Onze Mil Virgens1

Igreja de São Roque, capela das Onze Mil Virgens, s/d, foto de Alberto Carlos Lima, in a.f. C.M.L.

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Pesquisar

 

Tradutor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D