Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

O Camarote Real do Teatro D. Amélia

Uma curiosidade que se prende com o camarote da Casa Real, no antigo Teatro D. Amélia, actual teatro Municipal S. Luiz:
O antigo Teatro D. Amélia, foi construído em terras da Casa de Bragança, onde outrora existiam umas cocheiras, casas de arreios, cavalariças, palheiros, e outras edificações.
Inaugurado em 22 de Maio de 1894, viu o seu nome alterado para Teatro da República, após a revolução de 5 de Outubro de 1910, e posteriormente para Teatro de S. Luiz, em homenagem ao seu empresário, o Visconde de S. Luiz de Braga. Em 1971 torna-se Teatro Municipal com a designação Teatro Municipal São Luiz.
O camarote que a Casa Real detinha no teatro, resultava de um ónus sobre o edifício, e era extremamente sumptuoso, espelhos veludos, tinha uma antecâmara, uma casa de banho própria e uma porta independente.
Com a revolução de 5 de Outubro, e com o embarque da família Real na Ericeira, foram-se as chaves do referido camarote. Constituído o Governo provisório, assim que o primeiro presidente quis lá entrar, não teve outra solução senão mandar arrombar a porta. A quem o objectou dizendo-lhe ser o camarote da Casa Real, respondeu Afonso Costa, que tendo esta sido extinta, o mesmo passaria para a Suprema Magistratura do País, coisa diferente se fosse da Casa de Bragança, entidade particular.
Com a vinda de Sidónio Pais, e a destituição de Bernardino Machado, mais uma vez a chave desaparece, e mais uma vez a solução passa por arrombar a porta.
Novo presidente, novo arrombamento. Só com a resignação de Bernardino Machado, após o 28 de Maio, na pessoa do comandante Cabeçadas, ficou a famosa chave na presidência da República.

Teatro Municipal de São Luiz, antigo teatro Dona

Teatro Municipal de São Luiz, antigo teatro Dona Amélia, post. 1910, foto de Joshua Benoliel, in a.f. C.M.L.

Teatro Municipal de São Luiz, antigo teatro Dona

Teatro Municipal de São Luiz, antigo teatro Dona Amélia, ant. 1910, foto de Joshua Benoliel, in a.f. C.M.L.

 

O Fado e o Futebol, no Ferro de Engomar

A propósito da equipa Portuguesa de futebol, que participou nos Jogos Olímpicos de 1928, em Amesterdão, uma notícia na última página do "Diário de Lisboa", de 11 de Junho de 1928, tinha como título "A Guitarra que foi a Amsterdam".
Tanscrevo aqui as palavras que acompanham o título:
"Os portugueses levaram comsigo uma guitarra, que gemeu o fado no caminho, serviu para animar os rapazes em Amsterdam, e nela, á falta de orquestra, se tocou o hino nacional.
Ámanhã, por convite feito aos jogadores e aos seus dirigentes, que estes aceitaram, realiza-se, no Ferro de Engomar, na Estrada de Bemfica, uma das festas tradicionais do fado, na qual aparecerão notaveis cantores, e algumas amadoras de fama, que raro cantam em publico.
É um jantar de homenagem aos jogadores, e durante o qual será colocada uma placa de ouro comemorativa, na guitarra que foi a Amsterdam.
Deve ser uma bela reunião da gente dos clubs, em honra dos 18 jogadores. O anuncio que publicamos noutro lugar, diz como o acontecimento se realiza."
O Ferro de Engomar, era um dos mais famosos retiros dos arredores da Lisboa antiga. O edifício original, de meados do século XIX, possuía o característico pátio com latadas. A designação do estabelecimento, adveio da sua sala de jantar, com a configuração de um ferro de engomar.

Fado amador no restaurante Ferro de Engomar, na es

Fado amador no restaurante Ferro de Engomar, na estrada de Benfica, c. 1930, foto de Ferreira da Cunha, in a.f. C.M.L.

canvas1.png

 O anúncio publicado no "Diário de Lisboa", de 11 de Junho de 1928

Fado amador no restaurante Ferro de Engomar, na es

Fado amador no restaurante Ferro de Engomar, na estrada de Benfica, c. 1930, foto de Ferreira da Cunha, in a.f. C.M.L.

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D