Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Pátio do Biaggi

Devido à forte presença de fábricas manufactureiras na zona das Amoreiras, o século XIX, viu surgir um dos maiores Pátios de ocupação operária de Lisboa. Encostado ao Aqueduto das Águas Livres e indo até ao Arco das Amoreiras, o Pátio do Biaggi duraria até à década de 50 do séc. XX, altura em que foi demolido.

Pátio do Biaggi, às Amoreiras, sd, foto de Eduar

Pátio do Biaggi, às Amoreiras, s/d, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Planta Topográfica de Lisboa 9 H, 1911, de Albert

Planta Topográfica de Lisboa 9 H, 1911, de Alberto de Sá Correia, in A.M.L

Pátio do Biaggi, às Amoreiras, sd, foto de Eduar

 Pátio do Biaggi, às Amoreiras, s/d, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Rua das Amoreiras, entrada para o pátio go Biaggi

Rua das Amoreiras, entrada para o pátio do Biaggi, entre 1898 e 1908, foto de Machado & Souza

Pátio do Biaggi, às Amoreiras, sd, foto de Eduar

Pátio do Biaggi, às Amoreiras, s/d, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

32114355732_d8d241f097_o.jpg

Pátio do Biaggi, às Amoreiras, anos 20, foto de Mário Novais, in b.a. F.C.G.

32144445321_2058310387_o.jpg

 Pátio do Biaggi, às Amoreiras, anos 20, foto de Mário Novais, in b.a. F.C.G.

32208467455_b82b07a6b9_o.jpg

Pátio do Biaggi, às Amoreiras, anos 20, foto de Mário Novais, in b.a. F.C.G.

Rua das Amoreiras, entrada para o pátio do Biaggi

Rua das Amoreiras, entrada para o pátio do Biaggi, 1945, foto de Fernando Martinez Pozal, in a.f. C.M.L.