Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Parque José Maria Eugénio

"Aí temos os muros de ameias que rodeiam o Parque José Maria Eugénio; com face à estrada vê-se a construção inacabada de tipo medieval, com uma tôrre, um corpo interior animado na fachada de janelas geminadas e de rosáceas, e ainda com a extrema, na Rua Marquês de Fronteira, guarnecida de um torreão ameiado. Esta construção no Parque - antigas cocheiras - é posterior ao tempo em que o seu proprietário adquiriu os terrenos por aqui (em 1860 estes terrenos pertencentes a Fernando Larre, Provedor dos Armazéns, foram adquiridos por José Maria Eugénio); a Câmara Municipal há poucos anos embargou as obras de moradia que nela se projectavam, e cuja licença antes fôra concedida. Em 1927 a Câmara chegou a ocupar-se da expropriação desta propriedade."
in "Peregrinações em Lisboa", Livro 14, pág. 54 e 55, de Norberto de Araújo

Palacete José Maria Eugénio, 1903, foto de Joshu

Parque José Maria Eugénio, 1903, foto de Joshua Benoliel, in a.f. C.M.L.

Construções no Parque José Maria Eugénio, sd,

Construções no Parque José Maria Eugénio, s/d, foto que faz parte de uma sequência panorâmica sobre a zona de São Sebastião e de Campolide, do Espólio de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Parque José Maria Eugénio, torre do portão, 194

Parque José Maria Eugénio, torre do portão, 1942, foto do espólio de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Cavalariças no parque José Maria Eugénio, c. 19

Cavalariças no parque José Maria Eugénio, c. 1910, foto de Paulo Guedes, in a.f. C.M.L.

Parque José Maria Eugénio, 1910, foto de Joshua

Parque José Maria Eugénio, 1910, foto de Joshua Benoliel, in a.f. C.M.L.

Parque José Maria Eugénio, 1910, foto de Joshua

Parque José Maria Eugénio, 1910, foto de Joshua Benoliel, in a.f. C.M.L.

Palacete José Maria Eugénio, sd, foto de Alexand

 Parque José Maria Eugénio, s/d, foto de Alexandre Cunha, in a.f. C.M.L.

 

 

Feira Popular de Lisboa, no antigo parque, José Maria Eugénio

"Quando aqui há anos O Século pensou em aproveitar o esplêndido Parque de Palhavã, para o estadear de uma feira que recordasse as antigas feiras alfacinhas, com todo o pitoresco de que os velhos estavam saudosos e os novos ainda não conheciam, o espectáculo constituiu uma revelação e um surpresa...A reconstituição fez-se, sem reproduzir o antigo, o que era impossível, mas dando a sugestão dele, que era o essencial. Evidentemente, que aos velhos algumas coisas faltaram, mas aos novos não faltou a sensação do seu tempo. lá tiveram o "algodão doce" e outras modernices...Todos gostaram da Feira Popular de Palhavã...Havia a mais os altos-falantes, havia, mas a alegria o "brouhaha" eram os mesmos. E gritavam satisfeitos:-Já temos, de novo, onde passar as noites em Lisboa."
in http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/OBRAS/RevMunicipal/N41/N41_item1/P1.html

Circo na Feira Popular, no seu primeiro ano de fun

Circo na Feira Popular, no seu primeiro ano de funcionamento no parque José Maria Eugénio, foto de Judah Benoliel, in a.f. C.M.L.

Feira Popular de Lisboa no antigo parque José Mar

Feira Popular de Lisboa no antigo parque José Maria Eugénio, foto de Ferreira da Cunha, in a.f. C.M.L.

Feira Popular de Lisboa no antigo parque José Mar

 Feira Popular de Lisboa no antigo parque José Maria Eugénio, foto de Ferreira da Cunha, in a.f. C.M.L.

Feira Popular de Lisboa no antigo parque José Mar

Feira Popular de Lisboa no antigo parque José Maria Eugénio - colónia Balnear Infantil do Século, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D