Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Quinta da Matinha

"Perto de Cabo Ruivo fica a quinta da Mattinha, outr’ora propriedade dos marquezes de Bellas (condes de Pombeiro). O nome d’esta quinta derivou da sua matta, que termina em muralha sobre o Tejo.
Pinho Leal dá-nos a seguinte tradição local:
Conta-se que no século XVIII, vindo pela matta um cavalleiro atraz da uma lebre, correndo a toda a brida, viu esta esconder-se entre as urzes; mas quando reparou que estava á borda do precipício, já não pôde soffrear o cavallo, que se precipitou d’aquella medonha altura, despedaçando-se e mais o cavalleiro, nos rochedos que bordam a praia."
in "Portugal Pittoresco e Illustrado", A Extremadura Portugueza, Parte I, de Alberto Pimentel

Matinha, 1938, foto de Ediardo Portugal.jpg

Matinha, 1938, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Quinta da Matinha, 1938, foto de Eduardo Portugal.

Quinta da Matinha, 1938, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Matinha, 1938, foto de Ediardo Portugal1.jpg

Matinha, 1938, foto de Eduardo Portugal, in a.f. C.M.L.

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Março 2021

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Pesquisar

 

Tradutor

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Posts recentes